PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Comércio em Santos passa a funcionar por 14 horas neste sábado

Da Redação

O com√©rcio e as atividades essenciais em Santos poder√£o funcionar 14 horas por dia, das 6h √†s 20h, a partir deste s√°bado (1¬ļ de maio). Essa √© uma das principais mudan√ßas da portaria 020/21, divulgada pela Prefeitura de Santos, que altera as regras da fase de transi√ß√£o do Plano S√£o Paulo, estabelecidas no decreto n¬ļ 9.301, de 17 de abril.

Podem funcionar, das 6h √†s 20h, os estabelecimentos comerciais e com√©rcio ambulante, os shopping centers, com veda√ß√£o ao acesso e funcionamento das √°reas recreativas, restaurantes, lanchonetes e quiosques, bares (para servir refei√ß√Ķes ou lanches), sal√Ķes de beleza, barbearias, cabeleireiros e cl√≠nicas de est√©tica. O com√©rcio ambulante da orla da praia tem autoriza√ß√£o para trabalhar das 6h √†s 18h.

Feiras livres

O funcionamento das feiras livres fica autorizado de terça a sexta-feira, das 7h às 12h, e aos sábados e domingos, das 7h às 13h.

M√ļsica ao vivo

Tamb√©m est√° autorizada a execu√ß√£o de m√ļsicas ao vivo e mixadas por DJs nos restaurantes, lanchonetes e bares, com todos os clientes sentados, mas sem utiliza√ß√£o de pista de dan√ßa ou espa√ßos similares.

Shoppings

Os equipamentos de divers√£o individual em shoppings centers e outros estabelecimentos passam a ser permitidos, respeitando as regras, condi√ß√Ķes e protocolos em vigor, em especial a limpeza e a higieniza√ß√£o adequadas dos equipamentos antes de cada utiliza√ß√£o.

Enceramento das atividades

Para o encerramento das atividades, os estabelecimentos disp√Ķem do prazo de duas horas, a partir do hor√°rio m√°ximo de funcionamento permitido, para providenciar a sa√≠da dos consumidores e clientes, sendo proibidos novos atendimentos, sob pena de caracterizar descumprimento da legisla√ß√£o.

S√£o Vicente

A Prefeitura de S√£o Vicente tamb√©m publicou decreto que altera algumas medidas do decreto 5518-A, de 17 de abril., referentes √† Fase de Transi√ß√£o do Plano SP. O foco ainda √© seguir todos os protocolos sanit√°rios, evitando aglomera√ß√Ķes. Cada atividade deve ficar atenta √†s determina√ß√Ķes espec√≠ficas.

As altera√ß√Ķes do novo decreto s√£o as seguintes:

РOs demais estabelecimentos comerciais, assim como os shoppings, poderão funcionar no período de 6h às 20h;

– Fica autorizada a execu√ß√£o de m√ļsica ao vivo em bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos, observando os protocolos sanit√°rios;

РO funcionamento de buffets está permitido da seguinte forma: atendimento de no máximo 25% da capacidade, de segunda a domingo, das 6h às 20h;

РPara o encerramento das atividades presenciais, os estabelecimentos terão duas horas para providenciar a saída dos consumidores, a partir do horário estabelecido de encerramento, não sendo permitidos novos atendimentos;

РOs clubes de lazer poderão funcionar das 6h às 20h, com acesso aos restaurantes e às práticas de esportes individuais, respeitando a capacidade máxima de 25%, bem como os protocolos sanitários;

– O acesso √†s garagens n√°uticas fica permitido para fins de manuten√ß√£o e preserva√ß√£o das embarca√ß√Ķes, respeitando 30% da capacidade, com hora marcada e devidamente registrado no livro de controle. Fica proibido o acesso √†s √°reas comuns de lazer. As embarca√ß√Ķes devem ter lota√ß√£o m√°xima de tr√™s pessoas.

РContinua proibida a locação de imóveis para festas.

Foto: Marcelo Martins/PMS