PUBLICIDADE

Santos / Saúde

Dia da Hipertensão: Policlínicas de Santos orientam e medem pressão nesta terça

Da Redação

Nesta terça-feira (17), Dia Mundial da Hipertensão, as policlínicas Embaré (Praça Coronel Fernando Prestes s/nº), Gonzaga (Rua Assis Corrêa, 17) e Campo Grande (Rua Carvalho de Mendonça, 607) atenderão qualquer munícipe interessado em conferir como está a pressão arterial, das 8 às 17h. Todos serão orientados a como prevenir a doença e, no caso de detecção da pressão alta, receberão informações sobre os cuidados para evitar complicações.

A pressão alta é o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares como AVC e infarto, por exemplo, além de doença renal crônica. A estimativa é de que 30% da população mundial seja hipertensa.

As doenças cardiovasculares são a segunda principal causa de óbitos no Brasil e a primeira em Santos até 2020, quando começou a pandemia de covid-19.

“Por vezes, a hipertensão não apresenta sintomas e, mesmo assim, é perigosa. Há pessoas que herdam esta condição, mas há outras que podem vir a desenvolvê-la a partir de hábitos cotidianos como fumar, beber, não realizar atividades físicas, consumir alimentos com muito sódio, manter uma rotina estressante”, explica o secretário de Saúde, Adriano Catapreta.

“É importante medir a pressão e, se identificada a hipertensão, iniciar o acompanhamento e passar a ter um estilo de vida mais saudável”, completou.

Em Santos, pacientes com hipertensão atendidos nas policlínicas fazem parte do programa Hiperdia, por meio do qual são acompanhados regularmente em consultas médicas e participam de atividades coletivas.

Foto: Francisco Arrais/Divulgação PMS