PUBLICIDADE

Brasil / Cotidiano

Ricardo Salles e presidente do Ibama são alvos de operação sobre exportação ilegal de madeira

Da Redação

Uma operação que investiga a exportação ilegal de madeira para Estados Unidos e Europa tem como alvos Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, e Eduardo Bim, presidente do Ibama. Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal, foi quem autorizou a operação nesta quarta-feira (19).

Foram determinadas quebra dos sigilos banc√°rio e fiscal de Salles, afastamento preventivo de Bim do comando do Ibama e de outros nove agentes p√ļblicos com cargos e fun√ß√Ķes de confian√ßa nos √≥rg√£os. O ministro estava na Pol√≠cia Federal em Bras√≠lia.

Os outros servidores afastados do Ministério do Meio Ambiente e do Ibama são: Leopoldo Penteado, Vagner Tadeu Matiota, Olimpio Ferreira Magalhães, João Pessoa Riograndense Moreira jr, Rafael Freire de Macedo, Leslie Nelson Jardim Tavares, Andre Heleno Azevedo Silveira, Arthur Valinoto Bastos, analista e Olivaldi Alves Azevedo Borges.

Moraes determinou ainda a suspens√£o imeidata da aplica√ß√£o de um despacho de fevereiro de 2020. Ele permitu a exporta√ß√£o de produtos florestais sem a necessidade de emiss√£o de autoriza√ß√Ķes de exporta√ß√£o. Cento e sessenta policiais federais cumprem 35 mandados no Distrito Federal, no Par√° e em S√£o Paulo.

Crédito da foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil