PUBLICIDADE

Brasil / Economia

Ela chegou: Banco Central apresenta nova cédula de R$ 200

Da Agência Brasil

O Banco Central apresentou nesta quarta-feira (2) a nova c√©dula de R$ 200, que passa a ter valor legal imediatamente e come√ßa a circular conforme a demanda. Ao todo, ser√£o disponibilizadas 450 milh√Ķes de unidades da nota at√© o fim do ano.

Para o presidente do BC, Roberto Campos Neto, a introdução da nova cédula era fundamental para evitar um eventual desabastecimento do papel-moeda frente ao aumento da demanda por dinheiro em espécie desde o início da pandemia do novo coronavírus.

 - REVISTA MAIS SANTOS

‚ÄúO momento singular que estamos vivendo trouxe os mais diversos desafios, e um deles foi um aumento expressivo na demanda da sociedade brasileira por dinheiro em esp√©cie. O aumento foi verificado no Brasil desde o in√≠cio da pandemia, mas n√£o foi exclusividade do nosso pa√≠s. Outras na√ß√Ķes viveram fen√īmeno semelhante. Em momentos de incerteza, √© natural que as pessoas busquem a garantia de uma reserva em dinheiro‚ÄĚ, afirmou, durante o discurso de lan√ßamento do novo modelo.

 - REVISTA MAIS SANTOS

A c√©dula de R$ 200 traz cores cinza e s√©pia predominantes e homenageia o lobo-guar√°, animal t√≠pico da fauna do cerrado brasileiro, e atualmente amea√ßado de extin√ß√£o. A nota tem o mesmo formato e dimens√Ķes da c√©dula de R$ 20 (14,2cm x 6,5cm). A decis√£o de manter o formato, segundo o BC, √© para melhor adapta√ß√£o aos caixas eletr√īnicos e demais equipamentos autom√°ticos que aceitam e fornecem c√©dulas de dinheiro.

‚ÄúO Banco Central tem atuado durante todos estes meses e tem conseguido fornecer c√©dulas e moedas de modo a atender √†s necessidades da sociedade de forma adequada. Ainda assim, como estamos vivendo um momento sem precedentes na hist√≥ria, n√£o h√° como prever se essa demanda por dinheiro em esp√©cie continuar√° aumentando, e por quanto tempo. Esse momento, com essas necessidades, se mostrou oportuno para o lan√ßamento de uma c√©dula de maior valor, cujo pr√©-projeto j√° existia desde o lan√ßamento da segunda fam√≠lia de c√©dulas, em 2010‚ÄĚ, acrescentou Campos Neto.

Ao também justificar a necessidade da nova cédula, a diretora de administração do BC, Carolina de Assis Barros, explicou que a estimativa de papel-moeda projetada pelo Banco Central tornaria inviável a reposição com a impressão de novas notas de R$ 100.

Segundo ela, os c√°lculos do BC, em an√°lise conservadora, estimavam a necessidade de um adicional de R$ 105,9 bilh√Ķes, em valor financeiro, que precisaria ser gerado em um espa√ßo de cinco meses. Isso sem contar as encomendas de novas c√©dulas e moedas previstas para o ano, da ordem de R$ 64 bilh√Ķes, tamb√©m em valor financeiro.

‚ÄúA Casa da Moeda do Brasil possui um parque fabril dimensionado para as necessidades brasileiras conforme o padr√£o hist√≥rico verificado at√© aqui. No entanto, a fim de gerar maior volume financeiro em menor espa√ßo de tempo, imprimir c√©dulas de R$ 100 n√£o seria uma alternativa fact√≠vel, pois a capacidade de produ√ß√£o da referida denomina√ß√£o em 2020 j√° estava integralmente adquirida‚ÄĚ, explicou a diretora.

Características

A c√©dula de R$ 200 √© impressa em papel fiduci√°rio, que tem uma textura mais firme e √°spera que o papel comum. Pelo tato, √© poss√≠vel sentir um alto-relevo em algumas √°reas da nota, como nas legendas ‚ÄúBanco Central do Brasil‚ÄĚ e ‚ÄúRep√ļblica Federativa do Brasil‚ÄĚ, nos numerais impressos na frente e no verso, na faixa vertical de folhas, nas flores e no fruto, na ef√≠gie da Rep√ļblica (frente) e no lobo-guar√° (verso).

Sob luz ultravioleta, √© poss√≠vel enxergar o n√ļmero 200 na frente e a numera√ß√£o vermelha do verso aparece na cor amarela. Al√©m disso, pequenos fios coloridos se tornam vis√≠veis. Ao colocar a nota na altura dos olhos, na posi√ß√£o horizontal, √© poss√≠vel ver o n√ļmero 200 sob o desenho de um arbusto, no canto direito inferior da c√©dula, em sua face frontal.

A marca-d’√°gua da nova c√©dula permite visualizar, se colocada contra a luz, a figura de um lobo-guar√° e o n√ļmero 200, em tons que variam do claro ao escuro. Tamb√©m ao posicionar a c√©dula contra a luz, o fio de seguran√ßa fica vis√≠vel, pr√≥ximo ao meio da nota.

A partir de hoje e até o final de setembro, o governo federal vai veicular uma campanha publicitária de apresentação da nova cédula de R$ 200 nos meios de comunicação e na internet.

Fotos: Raphael Ribeiro/BCB