PUBLICIDADE

Brasil / Economia

Mais de 300 mil trabalhadores ainda n√£o sacaram o Abono Salarial

Da Agência Brasil

O Abono Salarial √© um direito do trabalhador inscrito no PIS, que pode receber uma remunera√ß√£o de at√© um sal√°rio m√≠nimo, referente aos meses trabalhados no ano anterior. Esse dinheiro pode ser de grande ajuda. Mesmo assim, mais de 300 mil trabalhadores ainda n√£o sacaram o abono a que t√™m direito referente ao ano de 2019. S√£o R$ 208,5 milh√Ķes nos cofres do Estado ainda aguardando seus benefici√°rios.

Os 320.423 trabalhadores que não sacaram o abono, que já está disponível desde 2020, ainda podem fazê-lo. Eles podem solicitar o pagamento no próximo calendário vigente. Ou seja, podem sacar o valor atrasado do abono de 2019 junto com o abono de 2020, que começa a ser pago em 8 de fevereiro.

O calend√°rio estipula as datas de pagamento pelo m√™s do anivers√°rio, se for trabalhador da iniciativa privada, ou pelo n√ļmero da inscri√ß√£o, se for trabalhador do setor p√ļblico.

De acordo com o Minist√©rio do Trabalho e Previd√™ncia, 22,2 milh√Ķes de trabalhadores t√™m direito ao Abono Salarial referente ao ano base de 2019. Desses, 21,9 milh√Ķes fizeram o saque de sua quantia correspondente, totalizando R$ 17,2 bilh√Ķes j√° retirados. Segundo a pasta, 98,56% dos trabalhadores com direito ao saque j√° o fizeram.

Quem tem direito

Tem direito ao benef√≠cio o trabalhador inscrito no PIS/Pasep h√°, pelo menos, cinco anos, e que tenha trabalhado formalmente por, no m√≠nimo, 30 dias no ano-base considerado para a apura√ß√£o, com remunera√ß√£o mensal m√©dia de at√© dois sal√°rios m√≠nimos. Tamb√©m √© necess√°rio que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Rela√ß√£o Anual de Informa√ß√Ķes Sociais (Rais).

Os trabalhadores tamb√©m podem checar se t√™m direito ao saque pelo site do governo federal ou da Carteira de Trabalho Digital. A central Al√ī Trabalhador, telefone 158, tamb√©m est√° dispon√≠vel para atendimento.

Valor

O valor do abono é proporcional ao período em que o empregado trabalhou com carteira assinada em 2020. Cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 101, com períodos iguais ou superiores a 15 dias contados como mês cheio. Quem trabalhou 12 meses com carteira assinada receberá o salário mínimo cheio, que atualmente é de R$ 1.212.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil