PUBLICIDADE

Região / Educação

A retomada da Educação

Por Anderson Firmino
Da Revista Mais Santos

Computadores, tablets e celulares desligados em casa Рou liberados apenas para uso nas salas de aula e laboratórios. O ensino remoto, que foi a saída para muitos estudantes em meio à pandemia, cede seu espaço para um ano letivo 100% presencial.

Tempo de expectativa redobrada para estudantes e, claro, pais ansiosos para uma ‚Äúvolta ao normal‚ÄĚ- ou quase isso. Os protocolos sanit√°rios permanecer√£o, mas, sem distanciamento, a aposta √© na imuniza√ß√£o plena contra a Covid, para professores, funcion√°rios e, agora, alunos. Ser√° um ano decisivo para a Educa√ß√£o.

‚ÄúEssas crian√ßas est√£o h√° muito tempo fora da escola. A gente tem que ter a preocupa√ß√£o pedag√≥gica, que √© muito importante, mas n√£o s√≥. Temos que cuidar da quest√£o emocional tamb√©m‚ÄĚ, define a secret√°ria de Educa√ß√£o de Santos, Cristina Bartletta. ‚Äú√Č muito importante essa volta √†s aulas, especialmente para os pequenos, que t√™m essa necessidade de interagir com seus pares‚ÄĚ.

Pois 2022 traz ainda outra novidade: a implementa√ß√£o do chamado Novo Ensino M√©dio. Debatido nos √ļltimos anos e previsto em lei de 2017, o Novo Ensino M√©dio come√ßa a ser implementado nas escolas p√ļblicas e particulares de todo o Pa√≠s a partir deste ano.

Em 2022, as mudanças são obrigatórias somente na primeira série do Ensino Médio. Em 2023, na segunda série. A expectativa é que todo o ensino médio já esteja modificado em 2024. Entre os chamados itinerários formativos, cada estudante vai escolher uma ou mais áreas que quer seguir, de acordo com os interesses e necessidades pessoais. Esses itinerários se dividem em Matemática, Linguagens, Ciências Humanas e Sociais e Ciências da Natureza. Há, ainda, o quinto itinerário, que prevê a formação técnica e profissional.

Estado: Recuperação Intensiva

De acordo com a secretaria estadual de Educação, o ano letivo de 2022 da rede estadual começa nesta quarta-feira (2). O retorno presencial das aulas da rede estadual de São Paulo é obrigatório desde novembro de 2021, embasado na recuperação pedagógica dos estudantes e com o aval das autoridades sanitárias.

‚ÄúDesde o ano passado, a Seduc-SP implantou o Projeto de Recupera√ß√£o Intensiva, com uma proposta pedag√≥gica e como ferramenta de combate √† evas√£o escolar neste per√≠odo de pandemia. Em 2021, 140 mil alunos da rede estadual participaram do projeto. Neste ano, a recupera√ß√£o de janeiro foi realizada entre os dias 4 e 21 para cerca de 58 mil estudantes que n√£o tiveram 75% de presen√ßa durante o ano letivo de 2021 e para os que tiveram baixo rendimento‚ÄĚ, explica a pasta, por meio de nota.

Ela reforça que as aulas presenciais seguem todos os protocolos de segurança, como uso de álcool em gel e máscaras, aferição de temperatura e higienização constante dos ambientes e mãos, identificação e afastamento dos casos e seus contactantes, conforme orientação da Comissão Médica da Educação, ratificada pelo Comitê Científico.

‚ÄúA Seduc exigir√° a apresenta√ß√£o das carteiras de vacina√ß√£o no fim do 1¬ļ bimestre. A medida ser√° publica- da em forma de resolu√ß√£o no Di√°rio Oficial em breve. Apesar de n√£o ser impedimento para realiza√ß√£o da matr√≠cula, uma vez que fere o direito √† Educa√ß√£o, a escola, por lei, tem a obriga√ß√£o de informar os √≥rg√£os respons√°veis (Conselho Tutelar) da n√£o apresenta√ß√£o do comprovante de vacina√ß√£o para que as medidas cab√≠veis sejam tomadas‚ÄĚ, complementa o Governo do Estado.

Santos: em busca do tempo perdido

Nos municípios, cada um com sua particularidade, a visão é a mesma: é tempo de aproveitar a vacinação a pleno vapor de adultos e crianças e investir na recuperação do tempo perdido de aprendizado, por conta das dificuldades ligadas ao ensino remoto.

‚ÄúA gente inicia o ano com o plane- jamento, diagnosticando cada aluno individualmente, por meio de sondagem pedag√≥gica, aonde est√° o d√©ficit desse aluno. At√© onde ele assimilou o que foi oferecido a ele. Nosso foco √© na alfabetiza√ß√£o. N√£o deixar nenhum aluno para tr√°s. Porque a gente sabe que o aluno que n√£o √© bem alfabetizado, carrega ao longo da Educa√ß√£o B√°sica uma defici√™ncia pedag√≥gica muito grande. No Fundamental ll, sem o entendimento de leitura e escrita. √Č algo que vai bater l√° na frente‚ÄĚ, raciocina a titular da Seduc-Santos.

Ela detalha como ser√° o trabalho. ‚ÄúHaver√° a sondagem individual, de aluno por aluno, e uma imers√£o pedag√≥gica focada na alfabetiza√ß√£o, principalmente nos alunos de 1¬ļ a 3¬ļ ano. Mas pode ser de 4¬ļ e 5¬ļ anos de Fundamental l, que tamb√©m t√™m lacunas. Esses alunos tamb√©m v√£o passar por diagn√≥stico, e v√£o estar imersos nesses per√≠odos em que vamos intensificar a retomada, a recupera√ß√£o, desses projetos visando a alfabetiza√ß√£o. Porque cada aluno tem seu tempo de aprender. √Äs vezes, numa mesma sala, com um mesmo professor, a absor√ß√£o de conte√ļdo √© diferente de aluno para aluno‚ÄĚ.

Cristina Barletta tamb√©m redobra aposta na vacina√ß√£o e na parceria com os pais para a retomada. ‚ÄúA gente mant√©m os protocolos, como fizemos ao longo desses anos. Em nenhum momento foi interrompido. E a gente vai mant√™-lo, para que esse pai sinta seguran√ßa, a certeza de que a escola √© um ambiente seguro. Pedimos aos pais que nos ajudem nessa retomada, confiram o planejamento que a escola tem. A crian√ßa √© multiplicadora dos protocolos‚ÄĚ. As aulas t√™m in√≠cio previsto para o dia 7 de fevereiro.

Outras cidades

A Mais Santos Online tamb√©m pediu informa√ß√Ķes sobre a volta √†s aulas para as demais cidades da Baixada Santista. Praia Grande, Bertioga e Peru√≠be n√£o responderam at√© o fechamento desta edi√ß√£o.

Mongagu√°

As aulas serão retomadas em 10 de fevereiro. A Diretoria de Educação providenciou a sanitização e higienização nas unidades escolares, da aquisição de equipamentos de proteção individual para todos os funcionários da primeira e segunda etapa de Ensino. Os cuidados primários, como utilização obrigatória de máscaras e disponibilização de álcool em gel, seguirão sendo reiterados.

As equipes docentes j√° est√£o orientadas a acompanhar as situa√ß√Ķes dos alunos, verificando se houve d√©ficit educacional e atuando a fim de minimizar os reflexos causados pela pandemia.

Guaruj√°

A cidade possui cerca de 34 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino. O cronograma de retorno √†s aulas 100% presenciais j√° come√ßou no √ļltimo dia 10 de janeiro, com as crian√ßas dos N√ļcleos de Educa√ß√£o Infantil Municipais (Neims) e Conveniados (Neics), al√©m dos ber√ß√°rios. Nesta quarta-feira (2), retornam os estudantes de Ensino Fundamental I e II, Educa√ß√£o Infantil, Educa√ß√£o de Jovens e Adultos (EJA), Profissionalizante e dos Centros de Atividades Educacionais e Comunit√°rias (Caecs).

A Secretaria de Educa√ß√£o (Seduc) explica que tem planejado in√ļmeras a√ß√Ķes de cunho pedag√≥gico e educacional para garantir a frequ√™ncia escolar e a recupera√ß√£o das aprendizagens. As medidas v√£o desde a aplica√ß√£o das avalia√ß√Ķes diagn√≥sticas, forma√ß√£o continuada para as equipes e professores, monitoramento das aprendizagens, bem como orienta√ß√£o quanto √† organiza√ß√£o e h√°bito estudos dos alunos, priorizando o processo de transi√ß√£o nos anos iniciais do Ensino Fundamental l e ll. Tamb√©m √© desenvolvido trabalho quanto √†s orienta√ß√Ķes e apoio √†s fam√≠lias, em parceria com os equipamentos da assist√™ncia social e sa√ļde.

Além disso, a rede municipal de ensino conta com participação no Programa Currículo Paulista РCurrículo em Ação, com desenvolvimento de atividades que contemplam as habilidades essenciais e com uso de material específico do Aprender Sempre, com foco na recuperação de aprendizagens.

S√£o Vicente

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educa√ß√£o (Seduc), informa que o retorno das aulas est√° programado para 7 de fevereiro. At√© o momento, a rede municipal conta com 38.698 alunos, divididos entre 53 creches, 60 escolas e dois Centros de Educa√ß√£o de Jovens e Adultos. A Seduc vem adotando e seguindo as orienta√ß√Ķes exigidas para o retorno 100% presencial.

Todas as unidades escolares contarão com materiais de higiene (máscaras descartáveis, sabonetes e álcool 70) e limpeza, para atender as normativas elencadas pelo comitê municipal Covid-19 e o Plano Municipal de Retomada das Aulas e Protocolos sanitários.

Diante dos novos desafios impostos pela pandemia da Covid-19, em rela√ß√£o √† defasagem das crian√ßas, em 2022 a Seduc preparou algumas a√ß√Ķes, como forma√ß√£o continuada √†s Equipes Gestoras, atrav√©s do Grupo Lemann e do Instituto Singulares, como parceiros nesse processo pedag√≥gico de resgate das compet√™ncias e habilidades no decorrer dos √ļltimos dois anos.

Al√©m disso, haver√° forma√ß√Ķes aos professores, livro did√°tico Aprova Brasil, e apoio do Programa de Aplica√ß√£o da Alfabetiza√ß√£o (Proalfa), para identificar os n√≠veis de aprendizagem, as dificuldades e auxiliar os professores com estrat√©gias diferenciadas.

Itanhaém

A volta das aulas na forma presencial com 100% dos alunos deve ocorrer a partir de 7 de fevereiro. Est√° previsto um trabalho de acolhimento e retomada dos trabalhos com foco na leitura e escrita, bem como a organiza√ß√£o da recupera√ß√£o continua e paralela al√©m da implementa√ß√£o do Programa ‚ÄúTempo de Aprender‚ÄĚ.

‚ÄúEstamos em contato constante com a Secretaria de Sa√ļde e Vigil√Ęncia Sanit√°ria que nos orienta em todas as decis√Ķes tomadas pela Secretaria de Educa√ß√£o. Foi formado um ‚ÄúComit√™ do Covid‚ÄĚ com representantes das duas secretarias que se reuniram periodicamente para tomada de decis√Ķes e orienta√ß√Ķes √† rede.

Cubat√£o

A previsão é que as aulas na rede municipal de ensino de Cubatão retornem nesta quinta-feira (3), 100% presenciais. Os protocolos são uso de máscara, álcool em gel e distanciamento. Além disso, foram instalados tapetes higienizantes e haverá mais escalonamentos dos horários de alimentação e intervalos para reduzir os contatos e mitigar os riscos.

Em 2020, não houve retenção pois, devido à pandemia, foi normatizado que os anos de 2020 e 2021 seriam considerados como um contínuo curricular a fim de ofertar o máximo de oportunidades de recuperação e reposição para os alunos.

Concurso p√ļblico

A Prefeitura de Santos abriu inscri√ß√Ķes do concurso p√ļblico para contratar 115 professores que ir√£o atuar na rede municipal de ensino. Elas seguem at√© 10 de fevereiro, pelo site do Ibam Concursos.

Estarão disponíveis 80 vagas de professor adjunto I, para atuar na Educação In- fantil e nas primeiras séries do Ensino Fundamental, e 35 para professor adjunto ll, nas áreas de Arte, Ciências, Educação Especial, Educação Física, Geografia, História, Inglês, Língua Brasileira de Sinais (Libras), Língua Portuguesa e Matemática.

‚ÄúEstou pedindo para iniciar o chamado dos aprovados antes do segundo semestre. Se todo o tr√Ęmite ocorrer dentro do previsto, sem qualquer impugna√ß√£o, acontece antes do segundo semestre. Porque a nossa necessidade √© de que haja a entrada de noivos professores o quanto antes‚ÄĚ, explica a secret√°ria Cristina Barletta.

Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Santos