PUBLICIDADE

Brasil / Cotidiano

Em novo dia de protestos, estivadores paralisam atividades no Porto

Os estivadores paralisaram suas atividades novamente nos navios atracados nos terminais de contêineres do Porto de Santos. A manifestação começou por volta das 13 horas desta segunda-feira (4). Na sexta (1), a categoria cruzou o braços por 24 horas em protesto à postura das empresas de não negociarem com os trabalhadores e abrirem vagas de emprego para vinculados.

O Sindestiva quer que o servi√ßo seja realizado com 50% de m√£o obra avulsa e 50% de vinculada. O sindicato defende que, enquanto o processo n√£o transitar em julgado, as atividades devem ser realizadas com o mesmo n√ļmero de avulsos e vinculados.

Por nota, o Sopesp informa que existe um Ac√≥rd√£o do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em vigor desde outubro de 2015, que prev√™ a mudan√ßa nos percentuais de uso de m√£o de obra da Estiva, que antes era de 50% de avulsos e vinculados e a partir de 1¬ļ de julho passou a ser de 66,66% de celetistas e 33,33% de avulsos.

Por fim, o Sopesp ressalta que as empresas da C√Ęmara de Cont√™ineres respeitam as decis√Ķes judiciais e continuam a negociar os reajustes com o Sindestiva.

Foto:(Divulgação)

Foto:(Divulgação)